IBGE registra número impressionante de desempregados no Brasil

O número de desempregados no Brasil vem crescendo consideravelmente. Devido a várias mudanças no cenário econômico e político do país grandes consequências são geradas e refletem diretamente na taxa de desemprego.

Diante de alguns eventos mundiais como a pandemia e o aumento do dólar alguns comerciantes e prestadores de serviços se viram obrigados a cortarem custos com funcionários ou fecharem seu negocio e situações como essa fizeram com que o aumento do desemprego se intensificasse batendo recorde de pessoas fora do mercado de trabalho.

Consequências do desemprego

Com uma grande quantidade de pessoas sem emprego garantidos grandes são as consequências provocadas por esse fenômeno. Essas pessoas são obrigadas a procurarem outra forma de manterem seu sustento e o de sua família e em alguns casos vão parar na rua pedindo ajuda, aumentando assim o nível de pobreza do país.

Com o desemprego a taxa de criminalidade também aumenta, algumas pessoas começam a entrar no mundo do crime pois no desespero é uma das soluções que encontram. Diante disso, vai se criando uma bola de neve onde problemas na estrutura de um país prejudicam a sua economia que atingem pequenos e grandes empresários que são impossibilitados de movimentar o mercado e assim dificuldades aparecem.

Medidas do governo para amenizar as consequências do desemprego

Com o objetivo de assegurar os trabalhadores que perderam a pouco tempo seus empregos o governo promove o seguro desemprego, que auxilia essas pessoas a se manterem durante o período de procura por novas oportunidades. Esse auxílio tem o objetivo de ajudar na qualificação desses trabalhadores para se manterem no mercado de trabalho e voltarem mais capacitados para garantirem melhores vagas e assim melhores condições.

O seguro desemprego é um dos principais benefícios trabalhistas que existe e é de grande importância nesse momento incerto que o mundo vem passando. Ao passar dos anos ele vem ganhando novas regras e sofrendo algumas alterações, tornando mais criterioso o recebimento do benefício.

Seguro desemprego 2021

Com o novo governo muitas mudanças surgiram e com isso novas regras, como é o caso das lançadas para o seguro desemprego. Antes todos os trabalhadores que estiveram trabalhando por um período de seis meses poderiam pedir o seguro pela primeira vez, com a nova regra é necessário que tenham trabalhado por durante doze meses para fazer a primeira solicitação, os seis meses de trabalho agora só serão aceitos para pessoas que irão pedir pela terceira vez o benefício.

Com todas as novas regras lançadas é necessário ficar atento para entender como funciona caso necessário garantirem as parcelas do Seguro Desemprego 2021, e os trabalhadores conseguirem sua assistência diante disso e não sofrerem tanto com o desemprego e toda a dificuldade enfrentada no mercado atual.