Eleições: Quais as ações Bolsonaro colocou em prática na educação?

As eleições de 2018 fizeram com que muitas áreas sofressem mudanças no Brasil, e uma dessas áreas foi a educação que fez com que o ensino publico se transformasse em algo mais focado para o mercado de trabalho para os alunos que serão futuros profissionais. Essas mudanças foram mais significativas no ensino médio que passaram a ter matérias mais focadas em suas áreas de interesse pessoal e profissional. Essas mudanças refletem diretamente no ENEM, que é o exame que possibilita o ingresso dos estudantes no ensino superior.

O que é o ENEM?

O ENEM é uma avaliação criada em 1998 com o objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes concluintes do ensino médio e a qualidade desse ensino. A partir do ano de 2004 essa prova passou a ser utilizada como ferramenta para ingresso em instituições de ensino superior e no ano de 2010 foi reconhecido como maior e mais completo exame educacional do país, passando a ser incluso no Sistema de Seleção Unificada (SISU).

O ENEM começou a substituir os vestibulares tradicionais aplicados pelas próprias universidades e virou o único e principal meio de ingresso nessas instituições. Ele acontece todos os anos e além de possibilitar o ingresso em universidades publicas garante a estudantes de baixa renda o acesso a programas governamentais que oferecem bolsas de estudo ou financiamento com juros reduzidos.

O exame é organizado pelo Ministério da Educação juntamente com o INEP e é composto por 180 questões e uma redação que são divididos em dois dias de prova. Para quem deseja realizar a prova próximo ano é necessário acompanhar o cronograma 2022 para não perder nada. Os conteúdos presentes na prova são conteúdos abordados nos três anos de ensino médio e são divididos nas seguintes áreas:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação
  • Matemática e suas Tecnologias: Matemática.

O ENEM tem toda a sua importância como protagonista no acesso a universidades publicas por estudantes e devido a isso as inscrições são sempre repletas de estudantes, mas atualmente com o Governo atual e a situação da pandemia essa situação apresentou algumas mudanças.

O ENEM passou a ter cada vez menos inscritos e no dia da prova o número de alunos que não comparecem ao local de prova está cada vez maior de acordo com dados apurados pelo portal de informações do ENEM. Isso reflete diretamente no número de jovens no ensino superior e é algo que preocupa e muito alguns brasileiros.

É possível ter isenção de quais tributos no Brasil?

Diariamente os brasileiros são bombardeados por tributos e devem se preparar todo início do ano para fazer a realização desses pagamentos. Muito se fala sobre o pagamento desses impostos, mas o que pouquíssimas pessoas sabem é que é possível conseguir a isenção desses pagamentos.

Isenção do IPTU

O IPTU consiste no Imposto que incide sobre a propriedade e todos os cidadãos que tiverem imóveis urbanos como casas, apartamentos, salas comerciais, galpões, terrenos e entre outros precisam pagar todos os anos o tributo.

O valor do IPTU é calculado de acordo com o valor do imóvel para o poder público, mas as alíquotas variam de cidade para cidade, então é preciso ficar atendo. O valor do IPTU é um valor considerável e em alguns casos pode comprometer o orçamento familiar. Devido a isso existe a possibilidade de conseguir a isenção do pagamento.

A isenção do pagamento do IPTU acontece principalmente nesses casos:

  • Aposentados e pensionistas;
  • Beneficiários de renda mensal vitalícia do INSS;
  • Beneficiário do programa de Amparo Social ao idoso;
  • Templos;
  • Entidades culturais.

Isenção do Imposto de Renda

Nem todos os brasileiros precisam entregar a declaração de Importo de Renda e pagar o tributo. Os brasileiros que recebem um salário inferior a R$1.903,99 e não possuem mais nenhuma fonte de renda extra se enquadra na faixa de isenção do Imposto de Renda e não serão tributados.

Para quem recebe mais que esse valor é necessário ficar atento a todas as informações referentes a declaração e pagamento, como por exemplo as novas alíquotas do IR a partir de 2022, que varia conforme o salário do contribuinte, e a tabela do Imposto de Renda atualizada para 2022.

Os casos que necessitam de declaração de imposto de renda são:

  • Pessoas que receberam no ano anterior ais de R$28.559,70 em rendimentos tributáveis;
  • Possuiu até o último dia do ano anterior, 31 de dezembro, imóveis, veículos e outros bens com valor total superior a R$300 mil;
  • Recebeu mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos e não tributáveis ou tributáveis na fonte.

Isenção do IPVA

O IPVA, Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor, assim como os outros impostos deve ser pago anualmente. O seu valor varia de acordo com as características do veículo e o local de residência do proprietário. Ele assim como os demais casos é um tributo que pode comprometer o orçamento de algumas pessoas, mas a depender do caso é possível conseguir isenção desse imposto.

Principais casos de isenção de IPVA:

  • Taxistas e mototaxistas;
  • Deficientes físicos ou mentais;
  • Pessoas e entidades que têm direito a tratamento diplomático.

Cidade grande ou interior: Onde há mais qualidade e menor custo de vida?

Qualidade de vida é uma coisa cada vez mais vem sendo discutida e se tornando o objetivo de muita gente. Inúmeros fatores são capazes de influenciar na qualidade de vida que um local oferece tendo como principais influenciadores a segurança, o custo de vida e acessibilidade. Diante disso, uma boa parte da população adulta começou a pensar sobre o que realmente vale a pena nesse mundo caótico e dar preferencia a possibilidade de uma vida mais sossegada, afastada na cidade, e ainda com custo de vida menor.

A vida na cidade

Morar em grandes cidades pode ser uma alternativa para grandes problemas como por exemplo ser um local mais perto do trabalho, mercado, farmácias, shoppings entre outros locais, mas em contrapartida existem inúmeros fatores negativos ligados a isso. As cidades possuem uma grande concentração de pessoas, lojas, carros, poluição e demais coisas que provocam estresses diários, baixa qualidade e expectativa de vida devido a tudo que os moradores devem passar por lá.

Além de todo o estresse morar na cidade pode ser muito caro, a procura é maior que a demanda o que faz aumentar significativamente o preço dos produtos e em comparação com outros locais esse aumento chega a ser superior a 100%. O Brasil apresenta cidades com maiores custos de vida do mundo como São Paulo e Rio de Janeiro que fazem os moradores passarem por maus bocados com os preços, como é o caso do IPTU 2022 de São Paulo e o IPTU 2022 do Rio de Janeiro.

A vida no interior

O interior é considerado um refugio para muitas pessoas que em busca de sossego e paz saem das cidades para o interior sem pensar duas vezes. O interior tem uma maior concentração de verde, não possui poluição, carros em excesso, barulho e um grande fluxo de pessoas, os moradores vivem uma vida mais leve e com muito mais qualidade.

No campo o custo de vida também é bem reduzido. Os moradores gastam bem menos em comparação com os gastos da cidade e todos vivem uma vida muito mais simples, sem tentações e valorizando coisas que as pessoas que vivem na cidade deixam passar ou simplesmente não se importam, como é o caso do pôr do sol.

No interior os laços de amizade também são bem melhores, são mais fortes, as pessoas não vivem na correria e tem mais tempo para as pessoas, sendo extremamente fácil conversar com os vizinhos, receber visitas surpresas ou simplesmente parar na calçada para conversar com os conhecidos.

Lista de programas sociais que oferecem cursos gratuitos de graduação

Existem alguns programas sociais que oferecem cursos gratuitos a um determinado grupo da população para que consigam assim realizar o grande sonho de se formarem no ensino superior e se qualificarem para o mercado de trabalho. Um dos principais programas é o ProUni, que possibilita que milhares de brasileiros todos os anos ingressem em universidades particulares e consigam assim os seus diplomas.

O que é o ProUni?

O ProUni é um programa do Ministério da Educação que oferece bolsas de estudo parciais e integrais em instituições particulares de ensino superior. Esse programa é voltado para os estudantes de baixa renda e que nunca tenham cursado nenhum outro curso superior. A seleção dos candidatos é feita através da nota obtida no Enem e o valor das bolsas também depende da média. Os cursos ofertados pelo ProUni dependem da instituição de ensino que o aluno escolher. Algumas chegam a oferecer até medicina com bolsas excelentes podendo chegar a 100%.

Como se inscrever para o ProUni?

Para se inscrever no ProUni é necessário que os candidatos não possuam nenhum diploma de curso superior e que tenham participado da edição mais recente do Enem, obtendo nela uma média mínima de 450 pontos e não ter zerado a redação.

O processo seletivo do ProUni possui apenas uma etapa de inscrição onde os candidatos devem apenas informar o seu número de inscrição e a senha do Enem, tudo totalmente online e gratuito.

Os candidatos após esse passo da inscrição devem escolher duas opções de curso, onde deve ser selecionado em grau de preferência, e após isso ir acompanhando as notas de corte todos os dias. As notas de corte ProUni 2022 representam o desempenho mínimo necessário para cada curso e mudam diariamente.

Como concorrer a uma bolsa 100%?

Para concorrer a uma bolsa 100% é necessário que os candidatos na hora da inscrição selecionem essa opção de bolsa integral. É necessário também que possuam renda familiar comprovada de um salário-mínimo e meio por pessoa.

O ProUni é um programa do Governo Federal que vem possibilitando o ingresso de muitos brasileiros no ensino superior e com isso enriquecendo o mercado de trabalho com profissionais qualificados e capacitados favorecendo a economia nacional. Devido a isso o ProUni é um dos programas mais bem falados do governo e é um dos que mais desperta a intenção dos brasileiros em participar já que ele é nitidamente um dos carros chefes do Brasil quando se fala em programas de educação e que diminuem um pouco as desigualdades sociais tão presentes no país.

Oportunidades educacionais para jovens e adultos de São Paulo

É grande o número de jovens e adultos espalhados pelo Brasil que buscam oportunidades de se qualificarem para o mercado através da educação.

Por entenderem que educação transforma a vida e é o único caminho possível para conquistar novos horizontes muitas pessoas se dedicam na procura de cursos profissionalizantes, técnicos e superiores focados no mercado de trabalho para conseguirem assim se profissionalizarem e se destacarem no mercado conseguindo assim mudarem suas vidas.

Devido a essa necessidade cada vez maior da população em se inscrever em cursos de qualificação muitas instituições começaram a surgir e abraças esses jovens e adultos para ajudá-los a realizarem seus sonhos, como é o caso da ETEC 2022.

O que é a ETEC?

A ETEC, Escola Técnica Estadual, é um programa que foi criado pelo Governo do Estado de São Paulo que tem como principal objetivo qualificar e formar seus alunos para o mercado de trabalho mesmo ainda estando no ensino médio.

No estado de São Paulos existem centenas de unidades dessa instituição que é mantida pelo Governo do Estado e para a formação dos seus alunos no nível técnico oferecendo uma lista extensa de cursos para que os candidatos escolham qual melhor se encaixa em seu perfil profissional.

Todos os cursos ofertados pela ETEC são de nível técnico e as opções são inúmeras.

  • Açúcar e Álcool;
  • Administração;
  • Cafeicultura;
  • Calçados;
  • Agroindústria;
  • Desenvolvimento de Sistemas;
  • Eletrotécnica;
  • Enfermagem;
  • Hospedagem;
  • Informática;
  • Informática para Internet;
  • Instrumentação;
  • Instrumento Musical;
  • Eletromecânica;
  • Eletrônica;
  • Logística;
  • Entre outras.

Para ingressar na ETEC é necessário que todos os interessados se inscrevam no vestibulinho ETEC, que é um processo seletivo que possibilita o ingresso dos candidatos a instituição. O vestibulinho acontece duas vezes ao ano, geralmente nos meses de junho e dezembro oferecendo milhares de vagas.

O vestibulinho consiste em uma prova com cinquenta questões de múltipla escolha cobrando as disciplinas de português, matemática, química, física, biologia e história.

Para quem sem interessar em se candidatar a uma vaga é necessário cumprir alguns requisitos como:

  • Cursos de ensino técnico: É necessário já ter concluído ou estar cursando a segunda, ou terceira série do ensino médio.
  • Ensino técnico integrado ou ensino médio na modalidade EJA: é preciso ter o certificado de ensino fundamental e ter idade igual ou superior a 18 anos na hora da matrícula.
  • Cursos de especialização: é necessário já ter concluído o ensino médio e ter concluído o integralmente o Ensino Técnico associado ao Curso de Especialização pretendido conforme relação constante no Manual do Candidato.

Como funciona o EJA? Saiba como se matricular!

O EJA, Educação de Jovens e Adultos, é uma modalidade de ensino que foi criado pelo Governo Federal e é destinado a jovens, adultos e idosos que não tiveram acesso ao ensino básico durante a idade apropriada. O EJA é a possibilidade que surgiu para que as pessoas com o ensino atrasado consigam se formar em um tempo reduzido e assim se qualificarem para conseguirem novas oportunidades como se profissionalizar para o mercado de trabalho.

Essa modalidade de ensino tem o objetivo de democratizar o ensino a toda a população oferecendo então ensino presencial e a distância para quem não consiga comparecer as instituições de ensino.

As disciplinas ofertadas pelo EJA são as que estão de acordo com a Base Nacional Comum Curricular onde definem quais matérias são necessárias e fundamentais para o desenvolvimento dos alunos de área básica.

Fundamental:

  • Língua Portuguesa
  • Ciências
  • Matemática
  • Inglês
  • Artes
  • Educação Física
  • História
  • Geografia

Ensino médio:

  • História
  • Sociologia
  • Filosofia
  • Língua Portuguesa
  • Inglês
  • Artes
  • Educação Física
  • Ciências
  • Matemática
  • Química
  • Física

Matrícula EJA

Para todos os jovens, adultos e idosos que não estão na idade escolar, mas que desejam retornar aos estudos é possível realizar a pré-matrícula EJA. É necessário apenas que os interessados tenham no mínimo 15 anos para realizar a matrícula no ensino fundamental e ter acima de 18 anos para o ensino médio.

Para realizar a matrícula é possível entrar no site da secretaria de educação da cidade em que reside e verificar quais as vagas disponíveis e em quais instituições. Após essa verificação é necessário apenas ligar ou ir até à escola desejada realizar a matrícula e esperar o início das aulas.

Diploma de conclusão do ensino básico

Como tirar o diploma do ensino médio? Essa é a grande dúvida para muitas pessoas que não terminaram o ensino na idade adequada, e para quem deseja adquirir o diploma de ensino básico mais rápido para ingressar em uma faculdade ou algo que necessite desse comprovante existe o Encceja, Exame Nacional para Certificação de Competências de jovens e adultos, para obterem o diploma de conclusão do nível básico de ensino.

O Encceja acontece todos os anos e o Encceja 2022 já está começando a ser divulgado para que jovens, adultos e idosos realizem.

Para conseguir o diploma de ensino fundamental é necessário ter no mínimo 15 anos completos no dia da prova e para o diploma de ensino médio os candidatos devem ter no mínimo 18 anos completos também no dia da realização da prova.

Assim, a modalidade EJA e o Encceja foram criações que oferecem inúmeras vantagens para as pessoas que desejam retornar os estudos e se qualificarem tanto por objetivo pessoa quanto profissionais, conseguindo assim mais oportunidades no mercado.

Como ganhar bolsas diretamente na faculdade sem PROUNI

Iniciar o ensino superior é um sonho e um grande desafio para muitos brasileiros que dedicam e estudam de forma extremamente dedicadas para conseguirem garantir o seu ingresso a essas instituições de ensino.

Uma das formas de ingresso aos cursos superiores mais conhecida é o Sisu, Sistema de Seleção Unificada, que os candidatos fazem sua inscrição através do número de inscrição do Enem e a nota a ser considerada é a da avaliação.

Devido à alta concorrência do Sisu que engloba todos os candidatos do Brasil muitos alunos não conseguem conquistar uma vaga nas universidades e buscam outra forma de ingresso ao curso superior desejado.

O Prouni é um importante aliado aos jovens que tentam uma vaga em faculdades particulares já que oferece bolsas de estudo que chegam até 100% do valor do curso. Esse programa também funciona com a nota do Enem e é responsável pela formação de milhares de jovens brasileiros.

Embora o Prouni seja um dos programas mais conhecidos em oferecer bolsas de estudo nas faculdades ele não é o único que possibilita o ingresso ao ensino superior. Outros programas conseguem oferecer aos estudantes a possibilidade de cursarem a tão sonhada graduação com condições acessíveis e práticas.

Quero bolsa

O Quero Bolsa é um serviço que ajuda milhares de brasileiros a encontrarem a faculdade ideal economizando no pagamento das mensalidades e facilitando a formação dos interessados. Através do site é possível encontrar mais de mil faculdades onde só será necessário fazer a pré-matrícula e garantir o curso.

Passando no processo seletivo da faculdade e concluindo a matrícula a vaga dos estudantes já está garantida até o final do curso e não é necessário renovar a bolsa de estudo todo semestre.

Vestibular interno

Algumas faculdades particulares oferecem bolsas de estudo a partir da nota adquirida pelos candidatos no vestibular interno oferecido pelas instituições. É agendado o dia das provas e assim os inscritos comparecerão para realizarem as avaliações que irão testar o conhecimento dos candidatos e assim selecionar os aprovados e o desconto que terão.

Essas faculdades às vezes também oferecem descontos a partir da nota do Enem dos candidatos que no dia da matrícula apresentam a nota do exame e assim conseguem um desconto que já ajuda no pagamento das mensalidades ao longo do curso.

Essas são algumas das principais formas de adquirir descontos nas faculdades particulares sem ser com o Prouni e que atendem a diversos públicos, não necessariamente a alunos de baixa renda, possibilitando que um maior número de brasileiros tenha a chance de iniciarem o ensino superior pagando um valor acessível a sua realidade.

É possível se inscrever no ProUni e Fies ao mesmo tempo?

Com a realização da prova do Enem um novo ciclo se inicia, a espera dos processos seletivos para o ingresso em uma universidade pública ou particular atinge milhões de jovens espalhadas por todo território brasileiro e faz com que a ansiedade comece a bater forte.

Qual curso escolher? Qual universidade colocar? Onde me inscrever? São algumas das principais dúvidas que rondam a cabeça dos vestibulandos em época de vestibular.

Já com as inscrições para o Enem tudo isso começa. Dedicação aos estudos, definição de qual curso escolher, análise da melhor instituição de ensino que ofereça o curso escolhido e acompanhamento do cronograma completo do Enem 2021 são passos seguidos por muitos estudantes.

Para possibilitar o ingresso dos jovens e adultos ao ensino superior o Governo Federal com o Ministério da Educação promove alguns processos seletivos capazes de viabilizar os sonhos desses estudantes, os processos mais conhecidos são: ProUni, Fies e SISU, mas como de costume aos jovens, muitas dúvidas aparecem em relação a esses processos e vinhemos aqui esclarecer de uma vez por todas as principais dúvidas em relação a eles.

Como funciona o SISU?

O SISU é um dos principais processos seletivos que existe atualmente no Brasil. o Sistema Único de Seleção Unificada concentra todas as universidades espalhadas pelo país e disponibiliza para todos os estudantes que prestaram o vestibular uma listagem com as universidades e os cursos disponíveis nelas.

Quando iniciado o período de inscrição no SISU todos que tiverem interesse em entrar em uma universidade pública e que tiverem realizado a prova do Enem e tiverem conquistada pelo menos a nota mínima na redação para não serem cortados podem participar desse processo seletivo.

Por ser um processo unificado os estudantes podem concorrer com alunos de todas as regiões do brasil com diferentes níveis de aprendizado.

Durante o período de inscrição cada aluno deverá preencher os dados necessários e escolher duas opções de instituições e de cursos de interesse, sendo assim a sua primeira opção que será a preferência e a segunda opção, para então começar a concorrer a disputa de uma vaga.

Após a saída do resultado dos aprovados a comemoração está liberada e é só se informar sobre o período de matrícula.

Como funciona o Fies e o ProUni? É possível se inscrever nos dois?

O Fies nada mais é do que um programa de financiamento estudantil promovido pelo Governo Federal. Através dele algumas universidades avaliadas pelo MEC e que participam do programa oferecem um determinado número de vagas a estudantes que tem o interesse de cursar o ensino superior, mas não possuem condições de bancar todos os custos do ensino, sendo possível então ser pago após a formação onde possivelmente já estariam empregados e com uma renda para pagarem o financiamento feito.

O ProUni é um programa do Governo que disponibiliza em instituições particulares bolsas de estudo que vão de 50 a 100% de desconto nas mensalidades e matrículas promovendo assim o ingresso de cada vez mais pessoas com renda baixa ao ensino superior.

Mesmo os dois programas sendo do governo e que trabalhem com faculdades particulares a inscrição em um não anula a inscrição no outro, sendo possível sim a inscrição nos dois processos seletivos.

Mas é necessário levar em conta que são bem diferentes ambos os programas e que cada um tem suas condições, a escolha depende exclusivamente dos interessados que analisam qual a melhor decisão a ser tomada, mas a possibilidade da inscrição nos dois esta aberta para quem se interessar.

Como o ensino à distância pode estimular a autoaprendizagem em tempos de isolamento social?

A pandemia pegou todo o mundo de surpresa. O isolamento social utilizado para conter a alta transmissão do vírus vem sendo utilizada por uma parte da população que teve que mudar sua vida completamente, de trabalho a estudo tudo foi mudado devido a essa nova realidade. Diante disso medidas tiveram que serem tomadas para que a vida não parasse, trabalhos começaram a serem feitos de forma remota e o ensino começou a ser a distância para manter a segurança de todos os envolvidos.

Com o ensino a distância dificuldades surgiram para alguns alunos. Oscilações da Internet, familiares em casa e barulhos da vizinhança atrapalham o estudo e fazem com que os estudantes sejam prejudicados já que o aprendizado não vem com qualidade, e diante de situações como essas muitos desses estudantes começaram a praticar a autoaprendizagem para não saírem tão afetados desse período de isolamento social em relação aos estudos. Cursos técnicos do SENAI em 2021 analisam serem oferecidos de forma remota e esse aprendizado individual é bem significativo principalmente durante o isolamento.

Com uma maior quantidade de pessoas estudando de forma remota de variadas instituições testes e investimentos nessa modalidade de ensino são feitos para quem sabe no período pós pandemia não seja intensificado e mais valorizado essa forma de ensino. Pensando nisso cursos EaD do SENAI em 2021 já começam a ser oferecidos promovendo um aprendizado diferenciado para todos os seus alunos.

Como tornar o auto aprendizado efetivo?

Organizar um plano de ensino é fundamental para que o aprendizado seja garantido, e ele deve ser feito pelo próprio aluno que entende suas limitações e facilidades. Ao analisar as suas dificuldades e o que deseja ser aprendido é necessário dividir o conteúdo em partes e estipular um tempo para o aprendizado.

Para ter a autonomia qualquer pessoa precisa ter organização, iniciativa e saber pensar, questionar e autoquestionar tudo que está sendo estudado. Também deve ser decidido qual o apoio que os alunos vão utilizar e com o passar do tempo esse apoio passa a ser desnecessário para o auto aprendizado.

O auxílio da tecnologia para o auto aprendizado

Através das tecnologias o contato aos conteúdos se torna mais simples já que com a internet livros, artigos e pesquisas estão disponíveis a quem se interessar. Com a internet é possível encontrar programas de exercícios e apostilas que são de grande ajuda para que os alunos consigam adquirir conhecimento e praticá-lo reforçando assim a sua autoaprendizagem.

Além do Educa Mais Brasil, conheça OUTRAS formas de obter desconto nas parcelas da faculdade

A procura por alternativas ao ingresso em faculdades vem crescendo em meio aos jovens e adultos de todo o país. Fora o Prouni, vestibulares tradicionais das instituições e o Educa mais Brasil outros programas são procurados para assim facilitarem a entrada de alunos nas faculdades garantindo descontos nas matriculas e nas mensalidades proporcionando cada vez mais o aumento do numero de alunos no ensino superior.

O FIES 2021 é uma alternativa lançada pelo Governo Federal para que milhares de alunos consigam financiar seus estudos de forma acessível para a realidade em que vivem. Esse programa é um dos maiores incentivadores da educação no país pois através dele alunos de todo o Brasil conseguem realizar seus sonhos de cursarem um curso superior e ainda mais de conseguir empregos em suas áreas de conhecimento trabalhando e ganhando a vida com o que gostam.

Como funciona o FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil funciona promovendo o financiamento de todo o custo de um curso superior em uma faculdade privada, auxiliando estudantes de baixa renda de todo o Brasil. todos os anos inúmeras pessoas se inscrevem para o financiamento e ingresso nas instituições para assim terem a chance de se graduarem e realizarem seus sonhos de desempenharem papeis profissionais que antes pareciam muito distantes.

O programa funciona garantindo que todos os jovens terão o auxílio do governo para finalizarem a sua graduação sem se preocupar com as mensalidades durante os períodos letivos, finalizando o curso tranquilamente e só após um certo período será necessário a quitação da dívida.

Como se inscrever no FIES?

A abertura das inscrições do FIES ocorrem sempre após a divulgação do resultado do SISU, com o resultado liberado e um número consideravelmente alto de alunos que não conseguiram uma vaga iniciasse o FIES. Universidades privadas disponibilizam vagas exclusivas para alunos que se inscrevem no programa de financiamento afim de promover que esses alunos iniciem seus cursos de forma acessível apenas com uma ajuda de custos durante o decorrer do curso.

Com as inscrições FIES 2021 os alunos podem financiar as mensalidades dos cursos que desejam e frequentar as aulas normalmente sem se preocupar com grandes pagamentos. O programa promove uma grande vantagem para seus inscritos, possibilitando que a quitação da dívida seja feita após o término do curso, onde muitas vezes esses alunos já estão fazendo parte do mercado de trabalho e assim conseguem manter o pagamento dessa dívida.

Regras do programa

Para efetuar a inscrição no programa é necessário que os jovens se encaixem em alguns requisitos obrigatórios que são:

  • Ter prestado alguma das edições do ENEM após o ano de 2010;
  • Ter tirado uma nota acima de 450 na prova e maior que 400 na redação;
  • Devera já ter finalizado o ensino médio;
  • O aluno devera ter renda familiar mensal menor que 3 salários mínimos ou maior, a depender da modalidade.

Assim, o número de pessoas graduadas em todo o território brasileiro cresceu graças ao FIES e todo o auxílio que ele promove aos alunos que buscam tanto o ingresso nas universidades de forma acessível realizando um sonho.